Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

VIE EN ROSE

Desde 1989 a ver a vida em rosa.

09
Dez14

J'irais dormir chez vous

Há uns tempos descobri um programa transmitido num canal público da televisão francesa desde 2005, pelo qual me tornei rapidamente fã. J'irais dormir chez vous (Irei dormir em sua casa), é uma série de documentários de viagens realizadas por Antoine de Maximy a vários países do mundo, onde ele se cruza com pessoas a quem ele pergunta se pode jantar em suas casas e posteriormente dormir. O objectivo é sem dúvida conhecer melhor os modos de vida, usos e costumes do lugar visitado.

JDCVlogo.jpg

Antoine de Maximy é um animador de televisão, realizador francês e obviamente um especialista em viagens ao estrangeiro. Neste programa, onde a ideia original partiu do próprio, este aventura-se sozinho nos mais diversos países equipado de três câmaras de filmar. Como é normal, diversas vezes o questionam acerca dos equipamentos, mas Antoine responde que se trata apenas de uma viagem e raramente diz que as imagens serão transmitidas na televisão. Porém, bem mais tarde, as pessoas que o acolheram recebem uma cópia do vídeo do programa e as pessoas mais pobres recebem fotografias.

480_54010_vignette_J-IRAI-DORMIR-CHEZ-VOUS- (1).jp

As viagens são realizadas sem nenhuma preparação, à excepção da reserva dos bilhetes de avião, pelo que a descoberta de cada lugar se faz espontaneamente. Quando não consegue atingir o seu objectivo, ou seja pernoitar em casa de uma pessoa, ele passa a noite num hotel e tenta novamente no dia seguinte. A sua missão torna-se por vezes difícil visto que nem todas as pessoas com quem ele se cruza na rua são receptivas, além da comunicação que nem sempre é evidente quando este se confronta com outras línguas que não o francês, o inglês e o espanhol.

J-irai-dormir-chez-vous_portrait_w858.jpg

Recentemente descobri que este senhor já fez a sua passagem em Portugal (fotografia acima e abaixo) e claro tive logo de ir ver o episódio! Começando por Lisboa, Antoine passeia-se pelas ruelas da capital onde conhece três idosas que lhe falam imediatamente do Fado. Nos típicos eléctricos encontra Maria, a pessoa que o vai acolher nessa noite. Passagem por Idanha-a-Nova onde come e bebe à grande e à francesa, como se costuma dizer. Termina com uma passagem pela ilha do Pico nos Açores onde se depara com uma aldeia praticamente deserta, mas onde acaba por encontrar um café e mais uma vez a sua missão é bem sucedida, conseguindo ser acolhido para mais uma noite.

J-irai-dormir-chez-vous_portrait_w858 (1).jpg

Gosto imenso do conceito do programa que já conta com mais de quarenta países visitados!

4 comentários

Comentar post

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Coleccionando lugares

Paris sera toujours Paris

Leitura

Memórias