Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

VIE EN ROSE

Desde 1989 a ver a vida em rosa.

16
Mai15

Natas do céu

Ontem à noite convidei uns amigos a jantar cá em casa, visto que me encontro sozinha por alguns dias, e resolvi fazer uma nova sobremesa: natas do céu! Apesar de já ter provado e adorado, nunca tinha experimentado fazer. Pesquisei e como sempre encontrei uma receita bem simples.

 

Ingredientes para aproximadamente 8 taças:

★ 2 pacotes de natas 

★ 5 ovos 

★ 13 colheres de sopa de açúcar 

★ 5 colheres de sopa de àgua

★ 1 pacote de bolacha Maria

 

Em primeiro lugar trituramos a bolacha Maria, e para isso eu coloquei as bolachas dentro de um saco, envolvi num pano e esmaguei tudo com um martelo.

De seguida vamos separar as gemas das claras. Reservamos as gemas enquanto vamos bater as claras em castelo. Após estarem bem batidas vamos adicionar 8 colheres de sopa de açúcar, uma de cada vez enquanto continuamos a bater as claras até ficarem brilhantes e duras.

As natas devem ser batidas frescas, pelo que devem ser colocadas no frigorífico previamente, para assim conseguirmos obter a consistência desejada. Ao fim de conseguirmos ter as natas em chantilly, estas devem ser adicionadas às claras.

Para o creme de ovo, é necessário juntar os restantes ingredientes num tacho a lume brando: 5 gemas, 5 colheres de sopa de açúcar e as 5 colheres de sopa de àgua. Mexe-se sempre com uma vara de arames até que engrosse. Deve-se deixar arrefecer antes de cobrir a sobremesa!

Numa taça grande ou em pequenas tacinhas como eu fiz, coloca-se uma camada de bolacha triturada e outra de natas, repetindo este passo cobrindo no fim com o creme de ovo frio.

Apesar de não ter ficado totalmente satisfeita com o aspecto final, a sobremesa ficou excelente em termos de sabor! Uma receita a repetir, não fosse eu ser uma gulosa incurável :)

20150516_153740.jpg

20150516_154226.jpg

 Uma sobremesa de ir ao céu e voltar!

6 comentários

Comentar post

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Eu disse sim

Coleccionando lugares

Paris sera toujours Paris

Leitura

Memórias