Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

VIE EN ROSE

Desde 1989 a ver a vida em rosa.

10
Ago15

Parque Nacional da Peneda-Gerês

O Verão é para a maioria sinónimo de praia, mas existem muitas outras alternativas para poder usufruir da estação mais quente do ano. Uma dela é o Gerês! O Parque Nacional da Peneda-Gerês localiza-se no extremo nordeste do Minho até Trás-os-Montes, abrangendo os distritos de Braga, Viana do Castelo e Vila Real. Este faz fronteira com a Galiza e possui cerca de 70290 hectares, sendo considerado como Reserva Mundial da Biosfera.

Praticamente todos os anos dou uma saltada ao Gerês pois é um sítio que eu adoro. Entre montanha, árvores, rios e cascatas estamos envolvidos pela natureza no seu estado mais puro, o que é super agradável!

Normalmente quando lá vou a primeira paragem é feita no São Bento da Porta Aberta. Sendo um santuário cristão, este local está sempre repleto de peregrinos. Gosto sempre de deixar lá uma velinha com os meus desejos.

 

DSC00948.JPGDSC00946.JPG

 

DSCF4305.JPG

 

DSCF4312.JPG



Depois do S. Bento costumamos ir em direcção à Vila do Gerês, uma pequena vila bem simpática onde é possível ficar alojado, comprar recordações, tomar um café ou até usufruir das termas que lá existem! 

Após a Vila do Gerês e já bem perto da montanha dá-se início a subidas sem fim, que nos podem levar a inúmeros locais naturais dignos de serem visitados. A Pedra Bela é um desses lugares. A cerca de 834 metros de altitude temos uma vista de cortar o fôlego sobre o Gerês!


DSCF4355.JPG


 


DSCF4365.JPG


Em direcção à fronteira com a Espanha, existe a Mata da Albergaria. Aqui está alojado um dos mais importantes bosques do parque, pelo que existe uma espécie de "portagem" à entrada da mata onde pagamos aproximadamente 1,50€ para passar. Durante o trajecto até à fronteira, é proibido parar ou estacionar. Tudo medidas para preservar esta floresta que possui características raras e únicas no país!

Entre a imensa vegetação podemos vislumbrar algumas cascatas pelo caminho, e com alguma sorte alguns animais, desde lobos a garranos! Já perto da fronteira passamos por uma das cascatas mais conhecidas, a Cascata do Leonte na Portela do Homem, sendo esta conhecida pela sua profundidade e água cristalina. É possível tomar banho aqui, porém o carro só poderá ficar parado na fronteira, pelo que é necessário fazer o caminho a pé até à cascata.


DSCF4336.JPG


DSCF4333.JPG


DSCF2286.JPG


Já do outro lado da fronteira, na nossa vizinha Espanha, no concelho de Lobios podemos usufruir de águas termais gratuitamente. Numa espécie de piscina a água é por vezes tão quente que é proibido lá entrar, e mesmo quando é possível é demasiado quente para aguentarmos lá muito tempo! No entanto existe um rio ao lado, onde a água termal se mistura com a água do rio acabando por ser muito mais agradável nos molharmos lá :)


DSCF4329.JPG


DSCF8989.JPG


DSCF2256.JPG


Para mim um dos cantinhos mais bonitos do Gerês localiza-se na aldeia da Ermida, onde já estive em mini-férias por duas vezes. Bem perto desta pequena e simpática aldeia é possível aceder à Cascata do Tahiti, um lugar paradisíaco em plena Serra do Gerês! É sem dúvida o meu local preferido, porém o seu acesso é um pouco perigoso. Entre trilhos e rochas é preciso ter imenso cuidado para não cair, mas no final vale imenso a pena o risco que se corre. Deixo-vos descobrirem...


DSC01116.JPG


DSC01120.JPG


DSC01142.JPG


DSCF0940.JPG


DSC01235.JPG


Mas como este cantinho existem tantos outros neste pedaço de paraíso em Portugal!  Tanto no Inverno como no Verão é sempre agradável explorar a natureza, porém no tempo quente torna-se ainda melhor visto que podemos usufruir das inúmeras lagoas e cascatas com uma àgua super fresca e límpida. Para aproveitar bem o Gerês é necessário gostar de natureza e ter o espiríto aventureiro para partir à descoberta!


DSC01191.JPG


DSC01192.JPG


DSCF0926.JPG


DSCF0994.JPG


DSC01209.JPG


DSC01251.JPG

Sou fã do Gerês, e por aí conhecem? :)

16 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Eu disse sim

Coleccionando lugares

Paris sera toujours Paris

Leitura

Memórias