Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VIE EN ROSE

Desde 1989 a ver a vida em rosa.

31
Ago17

Primeiro banho do ano, sozinha

Ainda desesperados pelas férias que teimam em chegar, na passada terça-feira resolvemos aproveitar o bom tempo, indo até uma piscina de ondas dar o primeiro mergulho do ano. Chegar quase ao fim de Agosto sem ter dado um mergulho é obra, mas mais espantoso que isso foi a situação com a qual nos deparamos lá.

Já prontos a entrar na piscina, e já com o pezinho na água, eis que uma nadadora salvadora vem ter connosco e diz ao noivo que não pode entrar na piscina de calções por razões de higiene e segurança. Ora os calções que ele tinha vestidos eram calções de banho bem acima do joelho, mas que ainda assim não foram aceites! De seguida fomos orientados para uma máquina distribuidora de acessórios e fatos de banho, onde poderíamos adquirir um fato de banho "adequado". É óbvio que não compramos nada, pois achamos as novas regras demasiado estúpidas, o preço dos fatos de banho não era do mais acessível, além de que é preciso gostar de andar de cueca ou boxer de licra! 

Não é preciso dizer que ficamos bastante irritados com a situação que não ficou por aqui! Já mentalizado que não iria por os pés na água, o noivo lá se foi molhando nos chuveiros e esteve um pedaço de tempo sentado perto da piscina à minha beira. Sentimos-nos observados pelos muitos seguranças que andavam por lá, até que em determinada altura veio um e disse que ele não podia estar perto da piscina de calções! Que podia estar em toda a área envolvente, mas que se quisesse estar ao redor da piscina teria de se vestir completamente. O segurança foi bastante simpático, disse que podia parecer ridículo mas que estava ali para impor as novas regras...

Acabei por ir nadar sozinha enquanto ele teve de se contentar com banhos de sol. Apesar de ser a piscina para a qual costumávamos ir, rapidamente decidimos que foi a última vez que pusemos ali os pés, com muita pena nossa!

Nudismo.jpg

Num país que se diz pela liberdade, esta situação fez-nos sentir tudo menos livres!

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Eu disse sim

Coleccionando lugares

Paris sera toujours Paris

Leitura

Memórias